julho 22, 2024
A Arte como didática: ela precisa ‘ensinar’ bons modos?
Canto do homem e dos pássaros
Soneto para Beethoven
Exposição de Artes Visuais
Monarquia constitucional
4° Concurso Literário da FLAUS 2024
Ensaio sobre o banho
Últimas Notícias
A Arte como didática: ela precisa ‘ensinar’ bons modos? Canto do homem e dos pássaros Soneto para Beethoven Exposição de Artes Visuais Monarquia constitucional 4° Concurso Literário da FLAUS 2024 Ensaio sobre o banho

Museu da Língua Portuguesa

Print Friendly, PDF & Email

Comédia de Mazzaropi e clássico King Kong são exibidos em película 16 mm no Museu da Língua Portuguesa

Divulgação - Cena do filme 'Jeca Tatu'
Divulgação – Cena do filme ‘Jeca Tatu

Filmes são as atrações de junho e julho do projeto Luz na Tela, o cinema ao ar livre do Museu. A curadoria da atividade é do Museu Soberano – Rua do Triunfo

Sabe aquele barulhinho do projetor das antigas salas de cinema? Ele poderá ser ouvido nas próximas duas sessões do projeto Luz na Tela, o cinema ao ar livre do Museu da Língua Portuguesa, instituição da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo. Isso porque os filmes programados para junho e julho serão projetados à moda antiga – em película 16 mm.   

Julia Zulian
Projeto Luz na Tela do Museu da Língua Portuguesa
Julia Zulian
Projeto Luz na Tela do Museu da Língua Portuguesa

Jeca Tatu, uma das comédias mais conhecidas de Mazzaropi, será a atração de junho do Luz na Tela. A exibição acontecerá no dia 27, a partir das 19h30. Baseado no personagem criado pelo escritor Monteiro Lobato, o filme conta a história de um caipira preguiçoso e simplório que vive em um sítio no interior de São Paulo com a mulher e seus filhos. A trama envolve dívidas, intrigas e a luta de Jeca para proteger sua família e suas terras. O longa-metragem dirigido por Milton Amaral foi lançado em 1959.  

Para a sessão de Jeca Tatu, o Pátio B, onde acontecem as exibições do Luz na Tela, será decorado com bandeirinhas e outros adereços alusivos às festas juninas e caipiras. Além disso, haverá a distribuição de quentão sem álcool, guaraná e, claro, pipoca.  

Em julho, no dia 25, a partir das 19h30, o clássico King Kong também será exibido em película 16 mm e em versão dublada. O filme de 1933 transformou o gorila gigante em um ícone pop. A cena do personagem no topo do edifício Empire State, em Nova York, é uma das mais inesquecíveis de todos os tempos do cinema mundial.  

Dirigido por Merian C. Cooper e Ernest B. Schoedsack, King Kong acompanha uma equipe de cinema que vai até uma ilha no Oceano Índico em busca de locações para uma filmagem. Lá, a mocinha da história, Ann (Fay Wray), se depara com um gorila gigante. O animal é capturado e levado para os Estados Unidos, onde um grupo de inescrupulosos empresários deseja torná-lo uma das principais atrações teatrais da cidade de Nova York.  

Ao longo da história cinematográfica, várias refilmagens e adaptações de King Kong foram produzidas, justamente por conta do impacto que o filme original representa até os dias de hoje. Em 1991, ele foi incluído no National Film Registry da Biblioteca do Congresso norte-americano, que preserva obras audiovisuais histórica ou esteticamente significantes. Trata-se de um filme de aventura, suspense, fantasia e terror presente no imaginário de diversas gerações.  

No projeto Luz na Tela, os filmes são exibidos em uma tela de 4 x 2,3 metros. O público pode vê-los em cadeiras e bancos espalhados pelo Pátio B. Mesmo em caso de chuva, a sessão é mantida por acontecer em um local coberto. Há sempre distribuição de pipoca e guaraná.  

SERVIÇO
3º Luz na Tela – Exibição do filme Jeca Tatu, clássica comédia protagonizada por Mazzaropi, em película 16 mm 
Dia 27 de junho (quinta-feira), às 19h30  
No Pátio B do Museu da Língua Portuguesa (mesmo em caso de chuva, haverá a sessão de cinema – local coberto)  
Grátis (haverá a distribuição de pipoca, guaraná e quentão sem álcool) 

4º Luz na Tela – Exibição do filme King Kong, clássico do terror de 1933, em película 16 mm e dublado 
Dia 25 de julho (quinta-feira), às 19h30  
No Pátio B do Museu da Língua Portuguesa (mesmo em caso de chuva, haverá a sessão de cinema – local coberto)  
Grátis (haverá a distribuição de pipoca e guaraná) 

Museu da Língua Portuguesa  
Praça da Língua, s/nº – Luz – São Paulo  

SOBRE O MUSEU DA LÍNGUA PORTUGUESA  
Localizado na Estação da Luz, o Museu da Língua Portuguesa tem como tema o patrimônio imaterial que é a língua portuguesa e faz uso da tecnologia e de suportes interativos para construir e apresentar seu acervo. O público é convidado para uma viagem sensorial e subjetiva, apresentando a língua como uma manifestação cultural viva, rica, diversa e em constante construção.  

O Museu da Língua Portuguesa é uma instituição da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Governo do Estado de São Paulo, concebido e implantado em parceria com a Fundação Roberto Marinho. O IDBrasil Cultura, Esporte e Educação é a Organização Social de Cultura responsável pela sua gestão.  

PATROCÍNIOS E PARCERIAS  
A temporada 2024 conta com o patrocínio máster da Petrobras, patrocínio da CCR, do Instituto Cultural Vale, e da John Deere Brasil; com apoio do Itaú Unibanco, do Grupo Ultra, e da CAIXA. Conta ainda com as empresas parceiras Instituto Votorantim, Epson, Machado Meyer, Verde Asset Management. Revista Piauí, Guia da Semana, Dinamize e JCDecaux são parceiros de mídia. A EDP é patrocinadora máster da reconstrução do Museu. A reconstrução e a temporada 2024 são uma realização do Ministério da Cultura, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura – Lei Rouanet.  

SOBRE O SOBERANO – RUA DO TRIUNFO  
O lendário Restaurante Soberano, localizado na Rua do Triunfo, teve sua reabertura em março de 2024, causando grande impacto na mídia e no público ao inaugurar a exposição singular “Além, muito Além de Zé do Caixão”. Esta exposição presta homenagem ao lado menos conhecido de José Mojica Marins e seu icônico personagem, Zé do Caixão, além de apresentar o espaço renovado. A reabertura não apenas celebra o retorno do local icônico, como também marca a cultura cinematográfica brasileira e paulista, em homenagem à vibrante cena da Boca do Cinema.  

Museu da Língua Portuguesa – Comunicação  
Alan de Faria | alan.faria@idbr.org.br – 11 99894 0702  
Renata Beltrão | renata.beltrao@idbr.org.br – 11 99267 5447  

Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo – Assessoria de Imprensa  
(11) 3339-8062 / (11) 3339-8585  
imprensaculturasp@sp.gov.br  
Acompanhe a Cultura: Site | Facebook | Instagram | Twitter | LinkedIn | YouTube  

Soberano – Rua do Triunfo – Comunicação  
Renata Forato / renataforato@gmail.com – 11 9 4551 2957  

Voltar

Facebook

Sergio Diniz da Costa
Últimos posts por Sergio Diniz da Costa (exibir todos)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Pular para o conteúdo