maio 22, 2024
Diálogos MAP
Em busca de circular no nosso quintal
Espinhos da Rosa
Sol e Lua
Esfinge
Inteligência Artificial: Como será o futuro?
Green60 – Mobile Film Festival
Últimas Notícias
Diálogos MAP Em busca de circular no nosso quintal Espinhos da Rosa Sol e Lua Esfinge Inteligência Artificial: Como será o futuro? Green60 – Mobile Film Festival

Cuidando da vida

Print Friendly, PDF & Email

Francisco Evandro de Oliveira: ‘Cuidando da vida’


Francisco Evandro Farick
Francisco Evandro Farick
O cuidado com o meio ambiente
O cuidado com o meio ambiente
Microsoft Bing. Imagem criada pelo Designer

Desde os tempos mais remotos que o ser humano se preocupa com sua existência, como por exemplo, a inquietação máxima do povo egípcio, era com a vida além da morte. Eles partiam do pressuposto, segundo sua crença religiosa, que havia outra morada após a partida da Terra.

                Séculos depois, o povo oriental, de um modo geral, cultuava uma forma de vida cuja parte espiritual estivesse sempre equilibrada com a material, ou seja, o famoso Yin e Yang.

                O mundo grego, principalmente no período helenístico, a preocupação com o esporte como uma forma de viver saudavelmente se tornou a máxima da civilização de então.

                Os romanos tinham como inquietação principal as festas para o povo. Pão e circo, faziam o povo delirar no coliseu romano, enquanto os gladiadores se dilaceravam pela vida. 

                Outros povos ao longo dos séculos também tiveram diversos estilos de preocupação, mas o ponto comum entre a maioria deles é, com exceção dos gregos, com seu famoso lema: – “Mente sã, corpo são”, ninguém mais vislumbrou cuidar da vida em si, mas como viver a vida.

                No nosso mundo atual a vida se tornou o bem máximo e mais precioso que temos e, para que possamos viver em harmonia com o nosso mundo, necessitamos cuidar de nosso corpo e da natureza que nos permeia.

                O ponto de partida para termos uma vida saudável é, sem sombra de dúvida, estarmos em harmonia com o meio ambiente e com o ecossistema que nos permeia.

                As civilizações, oriental e ocidental, já perceberam os efeitos nefastos causados pelas queimadas e poluições dos gases, e, com isso, ocasionou o surgimento de uma série de fenômenos destrutivos causados pelos famosos furacões El Nino e La Nina; como uma das consequências, podemos citar o degelo das geleiras do Polo Norte e Polo Sul. Tal efeito já está causando problemas com a cadeia alimentar dos ursos polares e de outros animais que vivem nos Polos

                A matança generalizada de baleias por caçadores de baleias em navios pesqueiros japoneses e dos leões marinhos e focas por pescadores canadenses e dinamarqueses, fazem ocorrer uma desarmonia na cadeia alimentar na vida marinha.

                As experiências atômicas realizadas pela Coréia do Norte explodindo bombas nas profundezas do solo, seus efeitos causados pela propagação das ondas são sentidos o mais longe possível e tais ondas são prenúncios de terremotos que geram as nefastas ondas tsunamis que são avassaladoras, matando e destruindo tudo por onde alcança.

                Sabemos que o bem máximo da vida é vivê-la saudavelmente e com a natureza como nossa aliada, tal fato nos pouparia das famosas enxurradas que destroem e ceifam centenas de pessoas nas chuvas de verão, todavia, como podemos evitar? 

                É importante que começamos em nosso lar, ao separarmos o lixo, para que ele siga e possa ser reciclado convenientemente e não jogado nos leitos dos rios, como ocorre em muitos locais.

                Os nossos rios, nós devemos cuidar e evitar que se tornem poluídos, para que possamos novamente ver os peixes em seus leitos, e devemos cuidar das florestas e matas ciliares que os serpenteiam; com isso, se evitaria as famosas quedas de barreira.

                Outro fator que é de suma importância para que possamos ter uma vida melhor é, sem sombra de dúvida, um combate exacerbado, a fim de que seja eliminado o mal do século: as drogas, de um modo geral. É de conhecimento de toda a sociedade que o uso constante de drogas produz um contingente de pessoas doentes e que desperdiçam suas vidas ao longo de suas existências.

                O nosso mundo globalizado e o crescimento tecnológico causaram a competição acirrada pelo trabalho; tal evento gerou e gera continuadamente uma população de pessoas com estresse, o qual, se não tratado, tende a gerar depressão e uma série de doenças. Uma forma de amenizar tal situação é a necessidade de uma desaceleração dessa competição nefasta à saúde, para que possamos ter uma qualidade de vida bem melhor.

                A vida, desde o mais simples micro-organismo vivente ao ser humano, necessita ser cuidada convenientemente para que haja prazer na vida.

                A vida é um dom supremo do ser humano e temos que viver de maneira saudável, praticando esportes e sendo feliz.

                Aquele que não cuida de seu corpo e de seu micro ecossistema, tende a ter sérios problemas em seu viver. 

                Então, somos de opinião que a principal preocupação do ser humano para que haja uma forma de viver melhor é viver em harmonia consigo, cuidando da melhor maneira possível de seu corpo e estando atento às transformações que ocorrem com seu ambiente, para que a vida lhe seja favorável; se isso acontecer, é quase certo que será uma pessoa feliz ao longo de sua vida.


Francisco Evandro de Oliveira


Contatos com o autor

Voltar

Facebook

Francisco Evandro de Oliveira
Últimos posts por Francisco Evandro de Oliveira (exibir todos)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Pular para o conteúdo