junho 25, 2024
Darwinismo morto
Divertidamente
O ‘São João’ de minha infância
Curso de Teatro Pandora
Museu da Língua Portuguesa
Rosas desérticas
Convidada
Últimas Notícias
Darwinismo morto Divertidamente O ‘São João’ de minha infância Curso de Teatro Pandora Museu da Língua Portuguesa Rosas desérticas Convidada

Esses difíceis amores

Print Friendly, PDF & Email

Carla Pimenta: Prefácio do livro ‘Esses difíceis amores’, de  Miguel Ângelo Teixeira

Carla Pimenta
Carla Pimenta
Capa do livro ‘Esses Tempos Difíceis’,
de Miguel Teixeira

Não serão todos os amores difíceis? Na simplicidade de amar, não terão todos os amores momentos de dificuldade?

Em ‘ESSES DIFÍCEIS AMORES’ Miguel Teixeira leva-nos a viajar por seis estados de alma onde a contemplação à musa amada, a realidade que o circunda, sonhos por concretizar, preces a um Deus distante ou até mesmo desabafos de inquietações nos são apresentados numa simbiose de Prosa Poética e Poesia.

Ao avançar com a leitura deparamo-nos com verdadeiras Odes de um amor infinito, belo, no entanto imperfeito. Podemos encontrar como que uma saudade latente por detalhes, hábitos que o autor por vicissitudes do quotidiano deixou de realizar com o mesmo ênfase que outrora o fizera.

Difíceis os amores como que provas contínuas de uma superação de um caminhar lado a lado com a mulher amada em busca da harmonia, da serenidade, da euforia de se saber amado e de amar.

O autor assume a sua vida, a sua obra como um poema inacabado, o que nos remete para uma eternização da sua essência, o transcendente de uma vida para além do espaço físico que diariamente ocupa.

Numa súplica sem medo, pede que não o chamem de Poeta, de Anjo, como se tal pedido fosse realizável no patamar em que a sua escrita se insere. Poeta de sentidos, de palavras duplamente côncavas e convexas que nos remetem para o mais íntimo do seu lado humano, onde amores e desamores desaguam na foz da sua escrita.

Será Miguel Teixeira O Último dos Românticos? Será ele tão somente Um Homem de Letras? – Em introspectivas dissertações o autor proporciona-nos vários Orgasmos Literários onde a nossa mente e os nossos olhos se fundem numa viagem alucinante em busca de um amor menos difícil que o descrito pelo autor.

Sugiro que a leitura desta obra seja efectuada pela Noite Escura ou num Jardim Sem Flores de mente totalmente aberta, sem preconceitos ou paradigmas apenas com a certeza de que A Vida é Aqui num imenso Caos de árduas escolhas entre sentimentos, dúvidas, quereres e aceitação de que cada um de nós  tem Medo de Acabar Sozinho…

Mais que Um Aglomerado de Palavras, ESSES DIFÍCEIS AMORES é o regresso a um passado actual visto pela sensibilidade de um homem que ama sem medo de o afirmar!

Carla Pimenta

(31-8-2021)

Nascido a 29 de novembro de 1968, na cidade de Almada, Miguel  Ângelo Varela Teixeira cedo começou a escrever na forma de pequenos e inocentes contos, muito por influência do pai prematuramente falecido e que lhe incutira o gosto pela escrita. Só dois anos mais tarde, em 1985, arrisca os primeiros passos na poesia. 

Com a escrita a deixar de ser um gosto e a tornar-se uma necessidade sem a qual não consegue passar, a sua forma de escrever alterou-se passando a ser mais ousada e provocante, avessa a regras e formas pré-estabelecidas como algo que não consegue – nem quer – controlar. Cria o seu primeiro blogue em 2005, “O Lado B da Vida”, e mais tarde “No Silêncio de Palavras Mudas” (2009), “O Lado B da Vida 2” (2016) e mais recentemente “Diárias de um Condenado à Vida” (2019).

Em 2010 foi um dos fundadores de “A Voz das Palavras”, blogue colectivo em conjunto com diversos autores que partilhavam o mesmo gosto pela escrita, Nos últimos anos, além de uma página no Facebook com o nome de “Diárias de um Condenado à Vida”, colabora com os grupos literários Wise Winds – Ventos Sábios (2020) e Poem’Art – Academia Portuguesa da Escrita e Arte Lusófona (2021).


Contatos com a autora


Voltar: http://www.jornalrol.com.br

Facebook: https://www.facebook.com/JCulturalRol/

Carla Pimenta
Últimos posts por Carla Pimenta (exibir todos)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Pular para o conteúdo