fevereiro 28, 2024
Barril de Pólvora
Entardecer na praia
Tudo junto e misturado
Silêncios
Limites éticos da investigação científica
Jornal Cultural ROL e Internet Jornal de luto!
Beleza Azul
Últimas Notícias
Barril de Pólvora Entardecer na praia Tudo junto e misturado Silêncios Limites éticos da investigação científica Jornal Cultural ROL e Internet Jornal de luto! Beleza Azul

Projeto Voltando à Escola

Print Friendly, PDF & Email

Seis escolas da Zona Sul de São Paulo serão grafitadas nos próximos meses pelos artistas do Projeto Voltando à Escola

Projeto voltando à Escola
Projeto Voltando à Escola
Foto Divulgação

O Projeto Voltando à Escola já levou cerca de 800 artistas para mais de 100 escolas públicas em 6 estados brasileiros, impactando pelo menos 65.000 pessoas da comunidade escolar 

Com patrocínio do Parque Global e apoio da Benx Incorporadora, por meio do Programa de Municipal de Apoio a Projetos Culturais – PROMAC, da Secretaria de Cultura de São Paulo, a Conecta Cultura levará o PROJETO VOLTANDO À ESCOLA para seis escolas públicas na região de Paraisópolis (ZS). 

As escolas receberão cerca de 30 artistas para revitalização de salas de aula e espaços comuns por meio da arte urbana.

Três escolas serão grafitadas entre 05 e 12 de dezembro de 2023 (veja locais e datas abaixo) e outras três entre janeiro e fevereiro de 2024 (datas a confirmar)

As artes serão pintadas fora dos dias e horários letivos devido ao cheiro forte de tinta. Quando estudantes e educadores retornarem às escolas serão surpreendidos com enormes e coloridas obras de arte nas paredes

Após os grafites, acontecerão oficinas de grafite e rodas de conversa com o idealizador do projeto, o artista visual Ricardo Célio, onde toda a comunidade escolar poderá experimentar o muralismo, compartilhar suas impressões e falar sobre o “artivismo”, que considera a arte um instrumento de cura e transformação em nível pessoal e coletivo.

Locais e datas das ações:

EMEF CEU Paraisópolis 

Rua Doutor José Augusto de Souza e Silva – Jardim Parque Morumbi

05 e 06 de dezembro


EE ETELVINA GOES MARCUCCI 

Praça Dona Sereia Ambuba, 271 – Vila Andrade

09 de dezembro 


EMEF FRANCISCO REBOLO

Rua Catarinenses, 200 – Vila Andrade 

12 de dezembro


EE LUIS GONZAGA TRAVASSOS DA ROSA

Rua Afonso Vidal, 600 –  Jardim Santo Antônio 

Data a confirmar


EE MARY MORAES

Avenida Marechal Juarez Tavora, 257 – Super Quadra Morumbi 

Data a confirmar


EMEF PROFº PAULO FREIRE

Rua Melchior Giola, 296 – Paraisópolis

Data a confirmar


SOBRE O PROJETO 

O VOLTANDO À ESCOLA foi idealizado pelo artista plástico e grafiteiro Ricardo Célio, que já pintou espaços urbanos em 10 estados brasileiros, além de EUA, Europa e Oriente Médio.

O projeto repensa e ressignifica as relações entre espaço escolar, cultura e cidadania por meio da arte urbana.

Para isso, convida artistas de diferentes estilos visuais, que já foram alunos de escolas públicas, para grafitarem salas de aula, quadras, refeitórios, corredores e bibliotecas.

Desde 2017, mais de 800 artistas já levaram suas artes por meio do projeto para mais de 100 escolas públicas em 6 estados brasileiros, impactando pelo menos 65.000 pessoas da comunidade escolar. 


Responsabilidade social

Além de uma experiência estética, a arte é um instrumento de cura que promove transformação e evolução em nível pessoal e coletivo.

O encanto causado pelas cores e mensagens dos grafites nas escolas promove alegria, bem-estar e inspiração em quem os contempla. 

Com uma cara mais criativa, moderna e divertida, as escolas estimulam a criatividade de educadores e estudantes, e enriquecem a cultura escolar.

Ao serem revitalizadas, elas inspiram mais cuidado, carinho e limpeza. Tornam-se cada vez mais valorizadas e respeitadas, ampliando o desejo de pertencimento por parte dos estudantes e educadores, e reduzindo a violência e a evasão escolares.

Essa nova experiência com os espaços escolares gera melhorias nas relações humanas que acontecem e trocas culturais capazes de transformar a vida de todos e fomentar o ideal de educação como prática da liberdade. 


Ação educativa

Após a pintura, a equipe do VOLTANDO À ESCOLA realiza uma oficina de grafite e uma roda de conversa com estudantes e educadores sobre a relação entre espaço escolar, cultura e cidadania por meio da arte urbana. 

Estes encontros são fundamentais para a tomada de consciência da comunidade escolar em relação ao papel da arte e da cultura na construção da cidadania. 

“Levando cor, alegria e esperança para as escolas, buscamos reduzir a violência e resgatar a cidadania no ambiente educacional”, diz Célio, ressaltando a importância das ações de arte nessas localidades. 


SOBRE O PARQUE SOCIAL

Com uma visão futurista de desenvolvimento urbano, o Parque Global emerge como um farol de inovação e sustentabilidade no coração da cidade. Localizado na Marginal Pinheiros, o complexo imobiliário desenvolvido pela Benx Incorporadora, combina empreendimentos residenciais, comerciais, centro médico, hospital, shopping center, hotel, educação, lazer, gastronomia, cultura e arte em uma sinergia perfeita com a natureza.

O Parque Global redefine a maneira como entendemos e vivemos nas cidades. Mais do que um projeto imobiliário, é uma promessa para a cidade do futuro, onde a praticidade, sustentabilidade e inovação convergem para criar uma experiência urbana verdadeiramente única.


Mídia espontânea

Programa Fátima Bernardes

A Redação (Goiânia)


Saiba mais

Site: https://www.projetovoltandoaescola.com 

Instagram: https://www.instagram.com/projetovoltandoaescola/


Voltar: http://www.jornalrol.com.br

Facebook: https://facebook.com/JCulturalRol/

Sergio Diniz da Costa
Últimos posts por Sergio Diniz da Costa (exibir todos)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Pular para o conteúdo