maio 19, 2024
Mariposas e borboletas
Aplicações argumentativas
À Olavo Bilac: Um tributo poético
Florão da América
Marcos Peniche recebe Diploma de Honra ao Mérito da OIPALPO
Brincando com os sonhos
A paz
Últimas Notícias
Mariposas e borboletas Aplicações argumentativas À Olavo Bilac: Um tributo poético Florão da América Marcos Peniche recebe Diploma de Honra ao Mérito da OIPALPO Brincando com os sonhos A paz

Serenata

Print Friendly, PDF & Email

Eliana Hoenhe Pereira: Poema ‘Serenata’

Eliana Hoenhe Pereira
Eliana Hoenhe Pereira
"Um violeiro tocando violão para a mulher amada, sob a luz do luar"
“Um violeiro tocando violão para a mulher amada,
sob a luz do luar”

Microsoft Bing – Criador de imagens do designer

A rua, antes escura,
foi iluminada pelas estrelas
Que vagavam pela madrugada
Junto à Lua em noite de serenata.
A Lua adentrava pela janela
espalhando cheirinho de canela.
Era um jeito de anunciar
que a viola já estava a suspirar.
As cantigas, selecionadas à moda antiga
prontas para a conquista
cheias de sabedoria e poesias
O violeiro apaixonado beijava uma flor
e oferecia à amada com todo seu amor.
A jovem, com o coração cheio de emoção,
permanecia até o fim da cantoria.
Com suavidade e naturalidade,
O seresteiro, deixava além da saudade
gestos ternos e eternos.


Eliana Hoenhe Pereira


Contatos com a autora


Voltar: http://www.jornalrol.com.br

Facebook: https://facebook.com/JCulturalRol/

Eliana Hoenhe Pereira
Últimos posts por Eliana Hoenhe Pereira (exibir todos)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Pular para o conteúdo