maio 19, 2024
Mariposas e borboletas
Aplicações argumentativas
À Olavo Bilac: Um tributo poético
Florão da América
Marcos Peniche recebe Diploma de Honra ao Mérito da OIPALPO
Brincando com os sonhos
A paz
Últimas Notícias
Mariposas e borboletas Aplicações argumentativas À Olavo Bilac: Um tributo poético Florão da América Marcos Peniche recebe Diploma de Honra ao Mérito da OIPALPO Brincando com os sonhos A paz

Ao som da canção que ecoa

Print Friendly, PDF & Email

Paulo Siuves: ‘Ao som da canção que ecoa’

Paulo Siuves
Paulo Siuves
"Sob o luar, nos acordes da paixão, Um homem suspira, em doce serenata"
“Sob o luar, nos acordes da paixão, Um homem suspira, em doce serenata”
Microsoft Bing. Imagem criada pelo Designer

Sob o luar, nos acordes da paixão,

Um homem suspira, em doce serenata.

Seu coração pulsa ao som da melodia,

Ecoando o amor que nele, só faz arder.


Nos versos da canção, ele faz conhecer,

A beleza dela que o faz suspirar.

Seus olhos brilham, reflexos do encanto,

Que a presença dela lança a todo canto.


Nas notas da música, ele revela,

O desejo profundo que por ela anela.

Cada acorde é um sussurro, um segredo,

Que só os corações apaixonados entendem.


A melodia persiste,

Como um fio de esperança no ar.

O homem, com olhos fechados,

Deixa-se levar pelo compasso.


A noite, cúmplice silenciosa,

Testemunha o segredo revelado.

Nas notas, ele confessa seu amor,

Sem palavras, apenas harmonia.


Ela, talvez, escute o murmúrio,

O sussurro que transcende o tempo.

Na serenata, ele se entrega,

E a Lua sorri, cúmplice também.


Paulo Siuves


Contatos com o autor

Voltar: https://jornalrol.com.br/

Facbook: https://facebook.com/JCulturalRol/

Paulo Siuves
Últimos posts por Paulo Siuves (exibir todos)

2 thoughts on “Ao som da canção que ecoa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Pular para o conteúdo