julho 13, 2024
Suspiro de saudade
Por aonde andei?
Paçoca, uma Jornada de Amor e Transformação
Academia Itapetiningana de Letras celebra 21 anos de história
Prêmio Caminhos da Literatura 
Valsa dedilhada
Neblina nas montanhas
Últimas Notícias
Suspiro de saudade Por aonde andei? Paçoca, uma Jornada de Amor e Transformação Academia Itapetiningana de Letras celebra 21 anos de história Prêmio Caminhos da Literatura  Valsa dedilhada Neblina nas montanhas

Aos amados avós

Print Friendly, PDF & Email

Virgínia Assunção: Poema ‘Aos amados avós’

Foto da autora do poema, e colunista do jornal ROL, Virgínia Assunção
Virgínia Assunção

Nas profundas rugas dos sorrisos,

Nos sábios olhares cansados

No afago das mãos tão curtidas,

Existe ainda a beleza dos avós amados.

Nos braços deles encontramos

Um amparo cheio de afeto e carinho,

Tornam-se portos seguros em nossas vidas,

Uma luz a guiar nosso caminho.

Suas palavras sábias, carregadas de amor,

Acalmam nossos receios, medos e dores,

Nunca lhe faltam doces, beijos e afetos

Enchendo nosso mundo de diversas cores.

Ao chegar no crepúsculo de suas vidas

Relembram seus dias de mocidade e vigor,

Compartilham com os netos suas vivências

Nos enchendo mais ainda de amor.

Vocês são nossa riqueza, avós queridos!

Defensores da família, do amor e das tradições,

Alicerces de uma herança perpétua, bendita

Mesmo no ocaso da vida, viverão em nossos corações.

Virgínia Assunção



Voltar: http://www.jornalrol.com.br

Maria Virginia de Assuncao Feitosa Gomes
Últimos posts por Maria Virginia de Assuncao Feitosa Gomes (exibir todos)

One thought on “Aos amados avós

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Pular para o conteúdo