fevereiro 28, 2024
Jornal Cultural ROL e Internet Jornal de luto!
Beleza Azul
No Quadro do ROL, o advogado e poeta Nilton da Rocha!
Amor perene
Pensamentos soltos
Era uma vez em Kakuaku
Dias escuros e de muita chuva
Últimas Notícias
Jornal Cultural ROL e Internet Jornal de luto! Beleza Azul No Quadro do ROL, o advogado e poeta Nilton da Rocha! Amor perene Pensamentos soltos Era uma vez em Kakuaku Dias escuros e de muita chuva

Minha sina é amar

Print Friendly, PDF & Email

Will Guará: Poema ‘Minha sina é amar’

Will Guará
Will Guará

Lá no fundo eu já sabia

Como tudo iria acabar.

Pra você foi só fantasia

Que fazia seu peito vibrar!


Sempre lembro com nostalgia

Nossos beijos naquele lugar.

Nessa hora meu corpo arrepia

Pois, eu sinto seu cheiro no ar.


A saudade me faz companhia 

Nessas noites de eterno luar.

Sem você minha vida é vazia,

Com você minha sina é amar!


No espelho sua boca sorria 

E fazia minha boca molhar.

No chuveiro foi pura alegria!

Pois, me via dentro do seu olhar.


Nosso banho foi pura magia,

Nessa vida, que vive a passar.

Nossos versos sem maestria

Espalhavam desejos no ar.


Tudo aquilo que a gente sentia

Está guardado no mesmo lugar.

Por você, eu tudo faria…

Curaria seu peito a sangrar!


Ainda lembro com nostalgia 

Do seu corpo, na cama a vibrar.

Do amor que a gente vivia… 

Do seu cheiro pairando no ar!


Eu desejo lhe ter noite e dia

Num galope à beira mar.

Sem você minha vida é vazia,

Com você minha sina é amar.


Will Guará 


Contatos com o autor


Voltar: http://www.jornalrol.com.br

Facebook: https://facebook.com/JCulturalRol/

William Cunha Cruz
Últimos posts por William Cunha Cruz (exibir todos)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Pular para o conteúdo