julho 13, 2024
Suspiro de saudade
Por aonde andei?
Paçoca, uma Jornada de Amor e Transformação
Academia Itapetiningana de Letras celebra 21 anos de história
Prêmio Caminhos da Literatura 
Valsa dedilhada
Neblina nas montanhas
Últimas Notícias
Suspiro de saudade Por aonde andei? Paçoca, uma Jornada de Amor e Transformação Academia Itapetiningana de Letras celebra 21 anos de história Prêmio Caminhos da Literatura  Valsa dedilhada Neblina nas montanhas

No fundo d’alma

Print Friendly, PDF & Email

Irene da Rocha: ‘No fundo d’alma’

Irene da Rocha
Irene da Rocha
"No labirinto da mente vagueia o ser"
“No labirinto da mente vagueia o ser”
Microsoft Bing. Imagem criada pelo Designer

No labirinto da mente vagueia o ser,
Entre sanidade e loucura a percorrer.
Alimenta-se de memórias, anseios, desejos,
Num mundo de ilusões e segredos.

Monstro faminto de sabedoria e crenças,
Explora caminhos, enfrenta as defesas.
Na busca incessante do que se esconde,
Na memória profunda que ele responde.

Mas no fundo da mente, lá onde se engana,
Perdido em ilusões que a vida emana.
Entre dores e sonhos, vagueia o ser,
Num labirinto que o faz esquecer.

Almas gritam, rostos marcados pela dor,
Buscam refúgio onde não há temor.
Mas a mente doente, o ser crente carente,
Afoga-se em terror, na sua própria corrente.

Entre luz e sombra, entre céu e infinito,
O ser busca sentido, o que eterno.
No labirinto da mente, onde se perde,
Encontra-se a verdade que o mundo não lhe concede.


Irene da Rocha


Contatos com a autora

Voltar: https://www.jornalrol.com.br/

Facebook: https://facebook.com/JCulturalRol/

Irene da Rocha
Últimos posts por Irene da Rocha (exibir todos)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Pular para o conteúdo